quinta-feira, julho 23, 2009 | Posted in , ,


... ontem estava bem, cansado mas estava bem, descontraído, com uma certa felicidade e sossegado... tomava café ( um enorme prazer e saboreava um cigarro, combinação fabulosa- para quem aprecia) e deparo-me com um pormenor que me fez lêr, relêr e levantar-me para confirmar... pensei durante algum tempo no que tinha lido e apesar de não conhecer a citação concluí que, de certo modo, me "reflectia" na frase que à minha frente tinha sido "escrita" ( não por coincidência pois nisso não acredito) ... relembrei amigos ausentes e antigos mas também presentes e recentes...

Respirei pausadamente, apreciei o momento e pensei : já sei como te fazer esboçar um alegre sorriso... tão simples !!!
Category: , ,
��

Comments

6 responses to "CARÁCTER E DEDICATÓRIA"

  1. Daniel Silva (Lobinho) On 24 julho, 2009 00:41

    Amigo,

    Também eu esbocei um sorriso, daqueles enternecidos, como se um duende ou uma fada tivesse escrito essa frase que tao bem partilhas e onde tao bem te revês. É de uma simplicidade e de uma alegria enormes e sabes porquê? Porque causa felicidade abertamente.

    Tal como referia ao Lampejo no teu post anterior, quando escrevemos que "os cães ladram, a caravana passa", estamos, não apenas a desdignificar o outro (valorizando-nos APENAS A NÓS), como é um retrocesso no caminho interior de, nao apena ser feliz mas causar felicidade.

    Tal como referes no fim: "já sei como te fazer esboçar um alegre sorriso... tão simples !!!"

    Seja quem for esse "tu", aplica-se a qualquer pessoa e como tu mesmo dizes e a frase o demosntra à saciedade "é tao simples"...

    Deixa-me dizer-te que te considero muito. Nao pelo que tenhas sido interiormente (como vais escrevendo) mas pelo que estás disposto a mudar.

    Visitar hoje o teu blog, (e vais perdoar-me esta minha sinceridade), é notar o salto qualitativo de alguém que por detrás de blog, passou a valorar diferentemente a sua vida interior,
    olhando-se ao espelho em todas as latitudes, e nao apenas naquilo que por certo também terás de bom.

    Um grande, grande abraço

    Daniel (Lbinho)

     
  2. pinguim On 24 julho, 2009 00:55

    Meu caro H.
    concordo inteiramente com a frase de Voltaire; só há um "mas" e esse "mas" não são os falsos amigos, que esses topam-se à légua, mas sim os amigos oportunistas ou "de ocasião", e esses são mais difíceis de detectar...
    Por concordar com a frase e por ser amigo de verdade, te disse no meu blog e repito aqui, que tenho saudades tuas!
    Abraço grande.

     
  3. Mike On 24 julho, 2009 00:57

    Passei por aqui para ver se te encontrava com melhor ânimo que do último post.
    Um abraço.

     
  4. F3lixP On 24 julho, 2009 09:38

    Olha, eu só sei que tenho saudadinhas tuas! A ver se mudamos isso em Agosto? Boa?
    Abraço

     
  5. Tongzhi On 24 julho, 2009 11:12

    Voltaire, apesar da complexidade de muito que escreveu, deixou-nos algumas ideias muito simples e claras. Esta é uma delas.
    Também eu me revejo muito nesta "máxima"!!!
    Abraço

     
  6. Nocturna On 25 julho, 2009 15:37

    Sábias as palavras do Pinguim !
    Nada a acrescentar, senão um grande abraço de uma visitante e seguidora
    Nocturna