sexta-feira, junho 26, 2009 | Posted in , ,



Mais uma estrela que deixa a Terra e sobe ao céu...merecido!!!
Apesar de toda a controvérsia, de todas as invejas, de todos os escândalos , foi sem sombra de dúvida o Rei da Pop...
Como uma VIDA cheia de Fama e Glória pode ter uma FIM tão infeliz ...

Michael Jackson 1958-2009
��

Comments

5 responses to "BAD"

  1. Daniel Silva (Lobinho) On 26 junho, 2009 11:34

    "Apesar de toda a controvérsia, de todas as invejas, de todos os escândalos , foi sem sombra de dúvida o Rei da Pop..."

    Subscrevo inteiramente. Goste-se ou não, imiscuído em polémicas ou não, é um ícone incontornavel da cena mundial da música pop. E estou à vontade porque nem gostava particularmente dele, ou seja, das sua músicas (o estilo de vida e as plasticas e as taras nao interessam no contexto da música).

    Que valemos nós quando pensamos nisto? Pó. E todavia andamos na vida distraídos a tentar preservar uma boa auto-imagem mesmo que a não tenhamos e a criticar e a desdenhar dos outros, Freud explicará porquê sem que nós queiramos saber.

    Tem uma coisa: como os grandes ícones e figuras de culto, morreu novo (50 ainda é novo)...

    Grande abraço, H.

    Daniel Lobinho

     
  2. Tongzhi On 26 junho, 2009 20:17

    Concordo contigo - um rei!!!

     
  3. pinguim On 26 junho, 2009 23:25

    Ainda tive a felicidade de o ver na sua "boa fase" no concerto de Alvalade, em 1992.
    Mas foi triste o seu "apagamento" quer artístico, quer humano - o preço da fama?
    Abraço.
    Vocês vão amanhã ao Arraial?
    Abração duplo.

     
  4. I'm a Saint! On 28 junho, 2009 11:15

    Que descanse em paz... é uma grande perda para o mundo.

     
  5. Francisco Reis On 29 junho, 2009 15:28

    de facto foi o grande senhor da Pop. Não devemos pensar na vida pessoal do senhor, cada um tem a vida que quer, quer ela seja boa ou má. Um facto é este: Ele realmente revolucionou a música pop e deixou a sua marca. E é isso que deverá ser lembrado. Somos fãs, não somos consumidores de mexiricos.

    Que descanse em paz