quinta-feira, abril 30, 2009 | Posted in ,

SÓ PODE ODIAR, AQUELE QUE JÁ AMOU MUITO, CERTO????
Category: ,
��

Comments

7 responses to "Amor-Ódio"

  1. Daniel Silva (Lobinho) On 30 abril, 2009 08:42

    Só quem já amou muito conhece o espinho da dor. E entao nao odeia. Fica magoado até às profundezas da alma. E erguendo-se sozinho do chao, ensanguentado e só, reconstrói-se das cinzas e pedaços partidos. Isso da-lhe a liberdade que quem odeia nao tem.

    Quem odeia nao é livre interiormente, e que amou muito fica num nível de amadurecimento tal que já nao interessa o ódio... oo o próprio amor...

    Abraço

     
  2. pinguim On 30 abril, 2009 09:12

    Embora ache a imagem bem construída, não concordo totalmente com o que dizes; posso não gostar de alguém e digo-o na cara das pessoas, mas não consigo ter ódio por ninguém, acredita.
    Por vezes é mais forte desprezar que odiar...
    Abraço amigo.

    PS - Adorei a dos anões!!!!

     
  3. Ezequiel Coelho On 30 abril, 2009 09:30

    errado

     
  4. F3lixP On 30 abril, 2009 11:12

    Pois, não sei! Eu conheço gente que odeia facilmente sem ter amado! Mas penso que se aplica à maior parte das pessoas!

    Gosto desses ambigramas!

     
  5. O Homem Vulnerável On 30 abril, 2009 12:45

    Talvez, não sei. Acreditas que nunca tive uma opinião bem formada sobre esse assunto?

    Mas acredito que a linha que separa esses dois sentimentos (amor/ódio) seja extremamente ténue...

    **

     
  6. Paulo - Intemporal On 01 maio, 2009 11:56

    Maio, o primeiro dia, o dia um, um dia, este.

    Celebra-SE aquele que tem algo a fazer, ou que há tanto faz [...]

    Maio também de Maria, de re.conciliação.

    Maio de colher, a semente.

    íssimo _______________________________ .

     
  7. Paulo On 05 maio, 2009 18:33

    sem dúvida!